Construção CivilMétodo BIM

3 dicas para diminuir os custos da obra

By 3 de setembro de 2020 No Comments

Construir ou reformar são empreitadas que demandam organização financeira. É bem provável que o projeto saia mais caro do que você imagina – seja porque nunca fez um orçamento desses antes, seja devido às variações de preço do mercado. De qualquer forma, existem maneiras de economizar na obra. Hoje vamos falar de três delas.

Como economizar numa construção ou reforma

Os tópicos que elencamos dizem respeito mais ao planejamento que a execução do serviço propriamente dita. Isso porque, quanto mais você avaliar as variáveis, mais acertadas serão suas decisões, o que pode poupar bastante tempo e dinheiro lá na frente. Acompanhe:

  1. Pesquise materiais

A pesquisa de preços é uma etapa fundamental de qualquer empreendimento. Porém, não estamos falando apenas de escolher os materiais mais baratos. É necessário analisar o custo/benefício de cada opção.

Os elementos aplicados na construção civil devem atender à funcionalidade, à estética e a especificidades técnicas. Dito de outra forma, precisam ser úteis, bonitos e em conformidade com as normas da ABNT.

Nem sempre o material mais barato é o mais funcional. Devido à qualidade inferior, a vida útil pode ser baixa, demandando manutenções frequentes. Portanto, avalie quais são as alternativas economicamente viáveis no longo prazo, a partir das necessidades específicas de seu projeto.

  1. Negocie com os fornecedores

Depois de definir os itens que serão utilizados na obra, é preciso adquiri-los junto aos fornecedores. Essa parte do processo também pode render alguma economia.

Lembre-se de que compras em quantidade geralmente abrem margem para negociação de descontos. Hora de exercitar sua capacidade de pechincha, hein?

Ainda, vale lembrar que empreendimentos da construção civil obedecem a um cronograma de atividades. Nem todos os materiais têm que estar no canteiro ao mesmo tempo. De todo modo, sabendo que eles serão utilizados em algum momento, você pode encomendá-los mais cedo, combinando a entrega para daqui a alguns meses.

A compra antecipada permite trabalhar com valores atuais e reais. Você não fica à mercê das variações de preço do mercado. (Devido à oferta e à demanda, um azulejo que custa X hoje pode custar 2X no próximo trimestre. Melhor evitar essas surpresas.)

  1. Recorra ao BIM para otimizar recursos

O método BIM (Building Information Modeling) utiliza modelos 3D para projetar a edificação. É possível incluir, num único arquivo, todos os documentos técnicos relativos à obra, como cortes, plantas baixas etc. Essa tecnologia evita retrabalhos.

Por exemplo, digamos que a equipe resolva alterar as instalações elétricas. Isso provavelmente vai resultar em modificações no sistema hidráulico da casa, ou quem sabe na disposição dos móveis. Portanto, é importante que todos os especialistas se comuniquem e conheçam a versão mais atualizada do projeto. Assim, eles não correm o risco de desenvolver plantas incompatíveis entre si.

Já imaginou a confusão? A arquiteta desenha móveis sob medida para o escritório, mas, quando eles chegam da fábrica, não podem ser instalados, pois a rede elétrica prevista na planta agora está diferente e a mesa do computador ficaria longe demais da tomada. Será necessário ajustar alguma coisa (ou o mobiliário, ou as instalações elétricas) – e gastar um dinheiro imprevisto para a realização da tarefa.

Falhas no projeto significam gastos desnecessários na execução. Ainda bem que a metodologia BIM reduz essas variáveis.

Gostou do artigo? Essas foram nossas dicas para economizar na obra. Precisando de um orçamento para construção ou reforma, conte com a Sulpply Engenharia. Nós asseguramos um trabalho de qualidade a um orçamento justo. Fale conosco!

Facebook Comments